DONA EMMA, TERRA DOS PANTANEIROS!


HISTÓRIA

Em 1919, iniciou-se a colonização da região onde hoje se localiza o município de Dona Emma, quando uma equipe de medição de terras, da Sociedade Colonizadora Hanseatica, alcançou um dos afluentes da margem direita do Rio Krauel, ainda sem denominação. Os componentes da equipe prestaram, então, uma homenagem a esposa do Diretor da Sociedade Colonizadora Hanseática, José Deeke, denominando-o de "RIO DONA EMMA", nome este que foi estendido a toda região banhada por este rio e seus afluentes. Neste mesmo ano foram adquiridos os primeiros lotes de terras, pelas famílias Albert Koglin, Andreas Schwarz, Alfons Ax, Richard Lindner e outros, dando início a vinda de um grande número de imigrantes alemães ou filhos de alemães imigrantes das antigas colônias de Blumenau, Indaial e Timbó, imigrantes teuto-russos e imigrantes italianos. Formaram-se pequenos núcleos em torno do comércio, escola e igreja da época, dando origem a um pequeno povoado no lugar onde localiza-se a atual cidade de Dona Emma, que teve como sua primeira denominação oficial o nome de "Vila Konder". Em 26 de Janeiro de 1934, pelo Decreto Estadual nº 470, o povoado de Dona Emma foi elevado a categoria de Distrito com o nome de "Gustavo Richard", em homenagem ao Ex-Governador de Santa Catarina. Contudo, prevaleceu entre o povo a denominação original de "Dona Emma", quando em 17 de Maio de 1962, através da Lei Estadual nº 826, foi criado o município, passando a denominar-se pela vontade popular, com o nome de "DONA EMMA". O Município de Dona Emma, foi instalado em 15 de junho de 1962, através do Decreto SJ 07-06-62/1586, sendo nomeado Prefeito provisório o senhor Erich Kuehl.



CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS


Principais atividades econômicas: Agricultura - pequenas propriedades rurais e agricultura de subsistência; Reflorestamento - cultivo, extração e beneficiamento de árvores exóticas tais como pinus e eucalipto para utilização na construção civil e na fabricação de móveis.
População - Aproximadamente 3.300 habitantes.
Eleitores - Aproximadamente 2.100 votantes.
Colonização - Alemã, italiana e polonesa.
Área - 181 km2.
Clima - Mesotérmico úmido, com verão quente e temperatura média de 18,3°C.
Altitude - 390m acima do nível do mar.


TURISMO


O município de Dona Emma destaca-se pela beleza de suas paisagens naturais e seus traços étnico-culturais. A qualidade do ar, a tranqüilidade e a segurança pública, o grande número de cachoeiras e quedas d'água no paredão rochoso que faz a transição entre a região do Vale e o Planalto Serrano, contribuem para formar o seu potencial turístico, propiciando a realização de esportes como vôo livre e a prática do rappel nas cachoeiras. Atualmente, existem diversas propriedades investindo em infra-estrutura de lazer, através da implantação de pesque-pagues e pousadas familiares. O atrativo turístico em destaque no município é a Gruta Nossa Senhora de Fátima, que recebe centenas de fiéis anualmente.

Fontes: www.sc.gov.br / www.ibge.gov.br / www.donaemma.sc.gov.br


COMO CHEGAR?


Existem 2 possibilidades: A primeira, é vindo pela BR 470, entrando na cidade de Ibirama, seguindo sentido à cidade de Presidente Getulio e após para cidade de Dona Emma. Como segunda possibilidade, para quem optar, o caminho alternativo é vindo pelas cidades de Taió ou Salete, em direção a localidade de Caminho Caçador - Dona Emma. Ao chegar na localidade de Alto Krauel em Witmarsum, vire à direita no sentido Caminho Caçador e siga em frente.

mm


CAMINHO PINHAL - NOSSO PONTO DE ENCONTRO


Sem dúvida um lugar privilegiado... pelas belezas naturais e pela simpatia e cordialidade das pessoas que lá residem. Quando você chega, a sensação que se sente é a de estar em casa. Nós adoramos o PINHAL e temos orgulho de carregar o nome desta localidade junto do nome do nosso clube. A localidade de Caminho Pinhal fica aproximadamente 15 Km do centro de Dona Emma. Da sede do município, você se desloca no sentido interior, passando pelas localidades de Nova Esperança e Caminho da Paz.